Kit Três Monocastas | Selecionado e Exclusivo 4U | 4U.wine

O seu carrinho está vazio

Continuar Comprando

4U Express - Receba no mesmo dia (consulte o seu CEP)

São Paulo e Rio de Janeiro

Para algumas localidade de São Paulo e Rio, pedidos realizados até 12h de seg. à sex. são entregues no mesmo dia, após este horário a entrega ocorrerá no dia seguinte.

Para demais localidades brasileiras, o prazo é o fornecido pelos correios ou transportadora contratada.

Entre em contato conosco através do email atendimento@4u.wine ou pelo WhatsApp (11) 96905-4826 caso precise receber os seus vinhos em um prazo mais rápido que o apresentado pelo nosso site. Faremos o possível para atendê-lo(a)!

Mapa Portugal Regiões Bucelas, Tejo e Vinhos Verdes

Kit Três Monocastas

Edição Master

3 garrafas de 750ml

de R$ 420,00 por R$ 404,00

"Esse vinho é um dos melhores exemplares (de Avesso) que eu já tive a oportunidade de degustar!” Dirceu Vianna Jr., Master of Wine e Expert 4U (sobre o Arêgos Grande Escolha)

 

"Intrigante , um “lobo em pele de cordeiro.” Maria Emília Atallah, Chef e Sommelière brasileira e Expert 4U (sobre o Câmbio Blanc de Noir 2018)

 

"Nariz muito delicado e ao mesmo tempo complexo e é na boca que o vinho se exprime melhor, com grande exuberância aromática e um frescor surpreendente! Manuel Vieira, Enólogo português e Expert 4U (sobre o Morgado de Bucelas 2018)

Calcular frete

"Esse vinho é um dos melhores exemplares (de Avesso) que eu já tive a oportunidade de degustar!” Dirceu Vianna Jr., Master of Wine e Expert 4U (sobre o Arêgos Grande Escolha)

 

"Intrigante , um “lobo em pele de cordeiro.” Maria Emília Atallah, Chef e Sommelière brasileira e Expert 4U (sobre o Câmbio Blanc de Noir 2018)

 

"Nariz muito delicado e ao mesmo tempo complexo e é na boca que o vinho se exprime melhor, com grande exuberância aromática e um frescor surpreendente! Manuel Vieira, Enólogo português e Expert 4U (sobre o Morgado de Bucelas 2018)

Kit Três Monocastas

de R$ 420,00 por R$ 404,00
Conheça o conteúdo do kit
VINHO BRANCO VARIETAL PORTUGUES MORGADO DE BUCELAS 2019 GARRAFA

Morgado de Bucelas 2019

Portugal - Bucelas

Fresco, Mineral e Crocante

  • Branco

    12.5%

  • Arinto

  • Montrachet/ Bordeaux

    10 a 12°C

Definitivamente um vinho único, onde o terroir é quase “mastigado” a cada gole, deixando claro seu solo de base calcária, resume Maria Emília Atallah, que se sentiu transportada para uma bela praia quando o provou pela primeira vez e confirmou o seu belíssimo frescor e mineralidade. “Final de boca delicioso e salino! Um dos vinhos de melhor relação entre preço e qualidade que degustei há muito, muito tempo!” diz Dirceu Vianna Jr. e empolgado continua: “Jovem, vibrante com aromas elegantes, incluindo pêssego, maça-verde, toranja, casca de laranja, toques florais, especiarias e tons minerais. Na boca exibe excelente textura, boa concentração, acidez viva e refrescante.” Manuel Vieira dá os parabéns ao enólogo por esta obra prima e explica: “Nariz muito delicado e ao mesmo tempo complexo e é na boca que o vinho se exprime melhor, com grande exuberância aromática e um frescor surpreendente! A estrutura da boca é densa e fresca, com grande final.” Por tudo isto, o conselho de Dirceu não podia ser mais claro: “Um vinho para converter pessoas que geralmente não gostam de vinhos brancos, e também para pessoas cansadas de beber Sauvignon Blanc e Chardonnay e querem descobrir algo mais interessante. Sensacional!”

Este vinho é de excelente qualidade podendo ser apreciado sozinho ou acompanhando pratos leves, aperitivos, peixes e frutos do mar. Para Maria Emilia Atallah, tudo que vem do mar, praticamente. Especialmente mariscos, ostras e vieiras. Uma simples massa com lascas de bottarga e limão siciliano já fazem um jantar perfeito! Outra ideia sofisticada e impossível ser mais clássica: blinis com caviar!

Vinícola Boas Quintas

Enólogo Nuno Cancela de Abreu

País Portugal

Região Bucelas

Fatos interessantes A casta Arinto, originária da Região de Bucelas é a base dos vinhos desta região assim como a Esgana Cão e Rabo de Ovelha. Vinhos destas castas caíram em desgraça nos anos 60 a 80 do século passado pela degradação de sua qualidade. Foi o trabalho do enólogo Nuno Cancela de Abreu com o apoio do governo, que iniciou a seleção clonal desta fantástica casta e que a promoveu comercialmente produzindo pela primeira vez um vinho varietal de Arinto, lançado no mercado no ano de 1990. Após o reconhecimento e sucesso, a casta Arinto foi adotada em quase todas as regiões de Portugal, pela sua qualidade aromática muito persistente e pelo seu frescor.

Notas do enólogo Cor citrino, aroma de lima, maça verde e mineral, destaca-se o frescor e a mineralidade no ataque junto ao volume envolvente e a acidez crocante, um final de boca agradável e fresco. Acompanha bem entradas, mariscos, ostras, peixe cozido ou grelhado, pratos frios (saladas) e sushi. Se este vinho pudesse ser resumido em 3 palavras: fresco, mineral e crocante.

Casta 100% Arinto

Contribuição da casta para a personalidade do vinho A casta Arinto tem uma personalidade marcante com a sua acidez citrina natural e muito refrescante. Quanto ao aroma sobressaem os frutos tropicais e o limão que lhe dá uma mineralidade viva.

Idade média das videiras 30 anos

Tipo de viticultura Sustentável

Área da propriedade 4 hectares

Área de vinhedos 3 hectares

Área do vinhedo específico 3 hectares (single vineyard)

Rendimento 6.000 litros/hectare

Condições climáticas e seus feitos sobre a safra O ano de 2019 teve um inverno úmido com chuvas abundantes, uma primavera fresca com precipitação normal e um verão seco com dias quentes e noites frias o que levou a uma maturação muito equilibrada entre o teor alcoólico e acidez.

Data da colheita 16/09/2019

Tipo de colheita Manual Horário da colheita Diurno

Fatores condicionantes A casta, o clima de influência atlântica e o solo calcário.

Fatos vitícolas interessantes Este vinho é definitivamente marcado pela casta e pelo ambiente que a rodeia. A região de Bucelas está perto do mar com uma influência marítima marcante, temperaturas moderadas, noites úmidas e frias que promovem a síntese de ácidos. O solo argilo-calcário de pH alcalino alto, acima dos 8, compara-se aos solos das mais importantes regiões européias de vinhos brancos como o Champagne e Val de Loire na França ou Xerés na Espanha.

Métodos de vinificação Prensagem direta da uva com proteção de azoto para evitar a oxidação. O mosto refrigerado é limpo antes de iniciar a fermentação que decorreu a 18oC até terminar o desdobramento do açucar em álcool.

Fermentação malolática Não

Amadurecimento Em tanques de aço inoxidável decorreu de setembro a abril com batonage para repor as lias em contato com o vinho de forma a se decomporem e diluírem as manoproteínas e outros compostos, aumentando o volume de boca e a complexidade (engarrafado em 19/06/2020).

Volume 750ml

Potencial de guarda 5 anos

para fazer o download é preciso estar logado

Câmbio Blanc de Noir 2019

Câmbio Blanc de Noir 2019

Portugal - Tejo

Identidade, Exuberância e Amplitude

  • Branco

    12.5%

  • Tempranillo

  • Bordeaux

    10°C

Um vinho branco feito de uvas tintas, jovial, com notas de pêssego, nectarina, framboesa e notas tropicais intensas, segundo Dirceu Vianna Jr. Para Nuno Cancella de Abreu vale falar do pendor de frutos tropicais, mas acrescenta lichias maduras e um certo floral. Manuel Vieira também está de acordo na componente de frutos tropicais evidentes no nariz, mas junta pêssego ao conjunto muito rico de aromas deste surpreendente vinho. Nuno nota que a boca é volumosa, com acidez moderada, num conjunto que surpreende com um final muito agradável. Manuel Vieira considera que há um ataque marcante, com a densidade que lhe é dado pelo fato de ser feito de uvas tintas, unindo o sabor de um branco com notas de um tinto, de forma muito harmoniosa e com frescor devido a a acidez no ponto!

Este vinho é de excelente qualidade podendo ser apreciado sozinho ou acompanhando pratos leves, vegetarianos, sushi, massas, risotos, saladas, carnes leves grelhadas pouco condimentadas. Para Maria Emilia Atallah, este branco com alma tinta pede acompanhamentos gastronômicos! Podemos ser criativos e até partir para pratos supostamente estruturados demais para brancos “comuns”. Carnes cruas, friturinhas à base de carnes e pratos com encontro “terra e mar” no geral são boas pedidas. Algumas ideias: steak tartar, carpaccio de magret de pato, um clássico bolinho de carne seca com mandioca, vieiras grelhadas com presunto cru. “Definitivamente um branco para se ousar e impressionar na cozinha!”

Vinícola Pitada Verde

Enólogo João Pedro Batista

País Portugal

Região/Sub-região Tejo/Cartaxo

Fatos interessantes Esta é a segunda safra desse que é um vinho branco produzido exclusivamente com uvas tintas da casta Tempranillo nome que o produtor escolhe para a casta que é também chamada de Aragonês e Tinta roriz. Praticamente incolor, este vinho alia a grandeza de um vinho tinto à elegância de um vinho branco.

Notas do enólogo É um vinho exuberante aromaticamente onde se denota lichia e pera. Na prova é longo, sério e com acidez certa. Vinho amplo gastronomicamente, podendo acompanhar sushi, massas, risotos, carnes grelhadas pouco condimentadas ou mesmo um carneiro assado no forno a baixa temperatura. Se este vinho pudesse ser resumido em 3 palavras: identidade, exuberância e amplitude.

Casta 100% Tempranillo
 

Contribuição da casta para a personalidade do vinho A Tempranillo é uma uva utilizada normalmente para a produção de vinhos tintos, mas por ser uma casta não tintureira (de polpa branca), o mosto é separado da película e obtendo-se o vinho branco.

Idade média das videiras 30 anos

Tipo de viticultura Proteção integrada, onde são utilizadas a fauna e flora adjacente para minorizar a aplicação de químicos. Análises do solo são realizadas para comprovar a não existência de substâncias químicas não autorizadas.

Área da propriedade 23 hectares

Área de vinhedos 23 hectares

Área do vinhedo específico 4 hectares (single vineyard)

Rendimento 1.500litros/hectare

Condições climáticas e seus feitos sobre a safra Ano muito quente e seco, de maturação difícil no início no entanto, a paciência da espera traduziu-se em equilíbrio com o amainar das temperaturas.

Data da colheita 08/09/2018

Tipo de colheita Mecânica

Horário da colheita Noturno

Fatores condicionantes Mobilização do solo ao invés do uso de herbicidas, para o controle de pragas (fertilização 100% orgânica - uso de estrumes animais), desfolha das videiras a partir do pintor para penetração do ar e luz no interior da planta.

Fatos vitícolas interessantes A propriedade tem solo aluvião e a proximidade com o rio Tejo diminui as amplitudes térmicas.

Métodos de vinificação Apenas o mosto originado na vindima mecânica e no transporte das uvas é utilizado para a produção deste vinho. Este é sangrado do reboque até a chegada da adega (sendo aplicado gelo seco para evitar oxidações), clarificado estaticamente e fermentado por 20 dias a baixa temperatura - “unoaked”.

Fermentação malolática Não

Amadurecimento Em tanques de aço inoxidável por 7 meses, estágio em garrafa por 5 meses (engarrafado em 03/2019).

Volume 750ml

Potencial de guarda 2 anos

para fazer o download é preciso estar logado

VINHO Português BRANCO AREGOS GRANDE ESCOLHA 2018

Arêgos Grande Escolha 2018

Portugal - Vinhos Verdes

Elegante, Harmonioso e Equilibrado

  • Branco

    13%

  • Avesso

  • Bordeaux

    10 a 12°C

Didático como sempre, Dirceu Vianna Jr. apresenta este vinho monovarietal da casta Avesso, oriundo da região dos Vinhos Verdes: “É uma casta rara, desconhecida e difícil de lidar, mas quando plantada no terroir correto e bem tratada, pode originar vinhos de grande classe e capacidade de envelhecer. Esse vinho é um dos melhores exemplos que eu já tive a oportunidade de degustar! Muito elegante com aromas de frutas cítricas e detalhes de frutas tropicais. Um vinho puro, preciso, com textura sedosa, certa mineralidade e salinidade. Um final de boca longo, refrescante e delicioso.” Maria Emília Atallah é peremptória: “Tudo que um bom Vinho Verde deve apresentar! No nariz, frutas tropicais, como abacaxi bem maduro e suculento. Em boca tem ataque muito fresco e salino, terminando o gole com uma sensação azedinha cativante! Muito convidativo em um dia de calor, antes da refeição, ou durante! Verdadeiramente versátil!” Tanto Nuno Cancela de Abreu como Manuel Vieira deram mais importância à boca, em detrimento do nariz. Consideram que tem uma excelente acidez, evidenciando o frescor, o bom volume, a fruta marcada pelo abacaxi e frutos tropicais (Nuno). Bela boca, fresca e consistente, com volume, notas de ananás, um vinho com excelente equilíbrio e com ótimo final (MV). Quem conclui é Manuel Vieira: “Aqui a boca é que vale! Exemplo do que é um grande Vinho Verde da casta Avesso!”

Este vinho é de excelente qualidade podendo ser apreciado sozinho ou acompanhando saladas, massas, frutos do mar e aperitivos. Para Maria Emilia Atallah, é um par perfeito para sushis, sashimis e outros pratos leves da culinária nipônica. Ostras e mariscos e outros ingredientes ricos em umami caem muito bem. Outra dica são receitas vegetarianas com toques ácidos, como saladas variadas e legumes crus.

Vinícola Álvaro Monteiro Ribeiro

Enólogo Fernando Moura

País Portugal

Região/Sub-região Vinho Verde/Baião

Fatos Interessantes Para o enólogo, a Avesso é uma casta com muita potencialidade e que precisa ser mais trabalhada. Produzir esse vinho seria então uma oportunidade de dar a conhecer esta casta ao mundo.

Notas do enólogo Um vinho que exprime na plenitude as características da casta. A safra de 2018 tem uma cor citrina com aromas citrinos com casca de laranja e alguns frutos secos provenientes de sua evolução de quase 2 anos. Gastronômico, acompanha bem sushi, peixes e mariscos mas também, e para fugir da tradição, o enólogo sugere harmonizar com bacalhau e carne vermelha como uma vitela grelhada por ser um vinho branco com mais estrutura. Se este vinho pudesse ser resumido em 3 palavras: elegante, harmonioso e equilibrado.

Casta 100% Avesso

Contribuição da casta para a personalidade do vinho A Avesso produz vinhos muito aromáticos, encorpados e com uma alta potencialidade de envelhecimento. Nesta safra, sente-se bem os aromas citrinos com casca de laranja e alguns frutos secos.

Idade média das videiras 20 anos

Tipo de viticultura Sustentável

Área da propriedade 5 hectares

Área de vinhedos 3 hectares (em diferentes parcelas e altitudes)

Área do vinhedo específico 1,6 hectares

Rendimento 5.000 litros/hectare

Condições climáticas e seus feitos sobre a safra Clima com marcada influência Atlântica. A região sofre com invernos muitos frios e verões muito quentes o que associado às características da casta Avesso origina vinhos estruturados e com força alcoólica.

Data da colheita 14/09/2018

Tipo de colheita Manual

Horário da colheita Diurno

Fatores condicionantes A casta para exprimir todo o seu potencial, necessita de 3 fatores naturais: terrenos abrigados e voltados a sul/poente (em forma de concha), terreno granítico, bem drenado embora com alguma retenção de água que lhe é conferida por alguma argila a mistura e por fim, a vindima, deverá ocorrer sem chuvas. Este vinho é proveniente de solos que reúnem todas estas condições. Na adega adotamos uma enologia minimalista ( leveduras maioritariamente indígenas e pouca fadiga nos vinhos).

Fatos vitícolas interessantes Os solos são pobres em matéria orgânica e de origem granítica. A idade da vinha permite obter vinhos com melhor estrutura e mineralidade. Não usamos herbicidas e usamos somente produtos permitidos em produção integrada (mais amigos do homem e do meio ambiente). A altitude das vinhas é de cerca de 250m, ideal para a produção e desenvolvimento da casta Avesso.

Métodos de vinificação As uvas são colhidas manualmente em caixas de 18kg nas primeiras horas da manhã para evitar os picos de calor. Chegadas a adega, as uvas são transportadas em tapete rolante para uma prensa pneumática. A prensagem é suave, exercida sobre a uva inteira e após o vinho flor é enviado para uma cuba de fermentação. Passadas 24 horas ou mais, o vinho é transfegado para outro depósito onde irá ocorrer a fermentação à temperatura controlada de 18/20oC.

Amadurecimento Em tanques de aço inoxidável por 6 meses (engarrafado em 02/2019).

Volume 750ml

Potencial de guarda 5 anos

para fazer o download é preciso estar logado